PolíciaAssaltantes

Assaltantes que atuavam em Niterói são presos na Zona Norte do Rio

5
Tamanho da fonte: A- A+ 25/05/2012

Operação da polícia cumpria seis mandados de prisão contra quadrilha que roubava residências na Zona Sul do Rio e em também na Região Oceânica, em Niterói

 

 

Acusados de serem integrantes de uma quadrilha que assaltava residências na Região Oceânica, em Niterói, e na Zona Sul do Rio de Janeiro, foram presos na manhã desta sexta-feira no Jacarezinho e na comunidade do Pica-Pau, em operação conjunta da 15ª DP (Gávea) e da 81ª DP (Itaipu). A operação batizada de Domus é resultado de dois meses de investigação e troca de informações entre as delegacias. Os quatro homens detidos já foram reconhecidos por 15 vítimas, dez delas moradores da Região Oceânica. O restante do bando, dois homens e um menor, já foram identificados. 

A ação contou com o auxílio da Coordenadoria de Recursos Especiais do Rio de Janeiro (Core) e de delegacias especializadas. O grupo praticava assaltos a residências na Região Oceânica de Niterói e na Zona Sul do Rio de Janeiro nos bairros da Gávea e Jardim Botânico. 

“Essa prisão foi importantíssima. Acredito que essa quadrilha seja responsável por no mínimo 70% dos casos de assaltos a residências na Região Oceânica. Acredito que essa prisão vá desencorajar outras ações de bandidos tanto do Rio de Janeiro quanto de Niterói. Por que eles sabem que se chegarem aqui a gente investiga, identifica e prende”, declara Gabriel Ferrando, delegado titular da 81ª DP. 

Segundo a Polícia Civil há relatos de ações de criminosos oriundos da comunidade do Jacaré atuando na Região Oceânica há dois anos. A 81ª DP acredita que o grupo preso na manhã de ontem tenha praticado assaltos na área desde o segundo semestre do ano passado. A atual gestão da delegacia de Itaipu assumiu em janeiro desse ano.

A operação foi coordenada por Gabriel Ferrando, delegado titular da 81ª DP e Fabio Barucke, titular da 15ª DP. Com os quatro presos foram encontrados pertences de diversas vítimas. Os homens presos têm idades que variam entre 19 e 20 anos, dois dos rapazes apresentados pela polícia são irmãos gêmeos. Os dois foragidos possuem 21 e 22 anos, entre eles está o homem que é apontado como chefe do grupo. 

O delegado Ferrando informa que a investigação aponta que o bando alugaria armas do tráfico para realizar ações criminosas. O próximo passo é cruzar as informações entre as delegacias de Niterói para buscar a solução de outros crimes. O delegado pede para as pessoas que tenham informações sobre o paradeiro dos outros suspeitos entrem em contato com o Disque Denúncia no telefone 2253-1177.

Com as prisões a população da Região Oceânica respira mais aliviada, mas o tempo de permanência desse reforço na segurança da área preocupa a Câmara de Segurança da Região Oceânica (CSRO). “Com mais efetivo na rua as prisões estão acontecendo. Precisamos é que esse efetivo seja permanente, porque se não houver manutenção tudo volta como era antes. O caso que terminou em São Francisco na quarta-feira mostra bem isso, tinha polícia na rua e eles conseguiram parar os crimes”, comenta Renan Lacerda, presidente da CSRO.

Segundo Lacerda, quase 80% das pessoas que tiveram suas residências assaltadas na Região Oceânica que procuraram a CSRO reconheceram os quatro homens que foram presos na manhã de ontem, mas eles ainda têm medo, pois parte da quadrilha continua solta. n

 


O FLUMINENSE


AVALIE:

 

Enviar para amigo Imprimir

Comente a Notícia

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Grupo O Fluminense. Mensagens que contenham ofensas, acusações e palavrões ou xingamentos não serão publicadas.

Comentários

Esta matéria possui 5 comentário(s)
  1. moradora - 25/05/2012 - 20:48

    Boa!!! Notícia excelente!!! Belo trabalho! OBRIGADAAA!!!

  2. Amigo do CB Julio - 25/05/2012 - 15:57

    Parabéns ao pessoal da tiragem da 15DP(Gávea) e da 81DP (Itaipú), pelo esse belo trabalho investigação, colocando esses vagabundos fora de circulação, é isso ai, e aproveito para agradecer ao Jornal O Fluminense, a sua direção, por fazer esse espaço para nós leitores, para expressarmos nossos pensamentos em relação a segurança, e caro amigos leitores vamos usar esse espaço com seriedade, para melhorarmos cada vez mais a segurança, e vamos contribuir com a policia denuncie os traficantes e assalt

  3. yasmimlorena' - 25/05/2012 - 21:51

    Tem que apodrecer na cadeia ;@;@

  4. PAULO CESAR OLIVEIRA - 26/05/2012 - 12:53

    O que mais me entristece, é que esses "cidadãos" são presos, e pela nossa justiça, muito "atuante" por sinal, logo estarão liberados.

  5. Coronel Jon Metrix - 27/05/2012 - 14:39

    lugar de vagabundo, ou e morto ou e preso.

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.

Publicidade:



Redes Sociais






Fale com
a Redação

(21) 2125-3065