PolíciaPolícia

Polícia faz reconstituição de morte de traficante no Morro da Coruja, em SG

5
Tamanho da fonte: A- A+ Por: Cláudio Emanuel 26/06/2012

Policias militares são suspeitos de participação em homicídio de suposto criminoso na comunidade de Neves. Dois dos três PMs acusados pertenceriam a batalhão gonçalense

O delegado Luiz Antônio Ferreira, titular da 73ª DP (Neves), com apoio de policiais da Coordenadoria de Regional de Policia Civil (CORE), realizaram na tarde de terça-feira a reconstituição do assassinato de Raphael Rosa Guimarães, o ‘Chacal ‘, de 21 anos, assassinado a tiros em dezembro passado, em um dos acessos do Complexo do Morro da Coruja

A reprodução do homicídio tem como objetivo reunir provas contra três policiais militares suspeitos de participação no crime. Dois dos três PMs acusados pertenceriam ao 7º BPM (São Gonçalo) e atualmente encontram-se presos.

De acordo com investigações do delegado Luiz Ferreira, os PMs supostamente envolvidos teriam interesse na execução de ‘Chacal’ devido ao envolvimento de ambos com o tráfico de drogas da comunidade do bairro de Neves.

PMs acusados de mais homicídios- A polícia investiga também a suposta participação de militares na execução de dois adolescentes, um de 14 e outro 16 anos, na mesma comunidade. Os menores foram mortos em abril deste ano.


O FLUMINENSE


AVALIE:

 

Enviar para amigo Imprimir

Comente a Notícia

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Grupo O Fluminense. Mensagens que contenham ofensas, acusações e palavrões ou xingamentos não serão publicadas.

Comentários

Esta matéria possui 8 comentário(s)
  1. CB PM JULIO 12º BPM - 26/06/2012 - 23:17

    É inacreditável, a palavra do PM que tem anos de policia não valeu de nada? Prevaleceu a palavra de moradores que tem que dizer o que o tráfico determina? ´notório e público a participação de vários menores em bocas de fumo em todo RJ, esses menores atiram contras PPMM sem se preocupar com nada. Essa semana um menor de 14 anos matou uma advogada no RJ. Devemos dar mais credibilidade a nossos policiais, esses sim, se arriscam para defender a sociedade.

  2. Ernesto Clemente - 27/06/2012 - 07:13

    CB Julio, com todo respeito, não ofenda a inteligência dos leitores. A imprensa vem noticiando há meses os problemas daquele batalhão, que teve três comandantes em menos de um ano. Lá eram lotados os policiais que mataram a juíza, lembra? Além disso, você está insinuando que o delegado da 73ª se deixa influenciar por falsas denúncias? E você nega tudo o que a imprensa denunciou? Francamente! Faça o seu trabalho e deixe as análises para quem entende do assunto.

  3. Jucabala - 27/06/2012 - 07:16

    É isso aí CB Julio, a palavra do policial nada vale, claro que os moradores vão dizer que foi a polícia, alguém já viu morador de comunidade dizendo: "quem atirou foi o traficante tal, foi o menor com a pistola, foi gaguinho, foi o pixote, foi o je gatinho"... eu nunca ouvi morador falar isso ou ir na delegacia dizer que matou seu parente foi o bandido da boca de fumo do local...

  4. Eu acredito na justiça - 27/06/2012 - 09:01

    Infelizmente alguns companheiros seus estão sujando o nome da PM-RJ, principalmente o 7ºBPM, que para uma possível melhora deveria trocar todo contigente deste BPM, pois as notícias mostradas pela imprensa, quando mostra apreensão no Morro da Coruja, ou seja, não receberam o arrego.Infelizmente é triste saber da covardia que fizeram com uma execução do PM na frente da sua família, e agora quem irá confortar aquela família. Quantos guerreiros honestos já perderam a vida em prol da sociedade.

  5. jorge sampaio - 27/06/2012 - 09:46

    Apenas uma perguntinha para nosso amigo Ernesto Clemente: - quem são estes que você diz que " entendem do assunto " ? A imprensa? O Delegado? A imprensa NÂO entende de nada a não ser de fazer sensacionalismo e o Sr Delegado tem que investigar em cima do que lhe dizem.
    É por causa de pessoas com pensamento como o seu, que policiais e civis são assassinados e assaltados todos os dias pelos chamados DE MENOR .
    QUE MORRAM !!!!!!!!!!!!!

  6. jorge sampaio - 27/06/2012 - 09:50

    É isso aí CB Júlio ! Quantos mataram a Juíza/ Três,quatro?.. Quantos policiais nós temos ao todo em nosso Estado? Três mil, quatro mil? Não. trinta mil? quarenta mil/ MAIS.
    Não tem como generalizar; laranja podre tem em toda caixa..........

  7. llilian - 27/06/2012 - 11:19

    Traficantes pessoinhas com QI baxíssimo.
    Analfabetos, escrevem saudade com l.

  8. marialva - 27/06/2012 - 20:19

    Alguém aqui já teve filho, filha, marido, esposa, pai ou mãe assassinado por menor ou qualquer outro tipo de bandido ?
    Certamente que não, e não sabem o sentimento de perda, friamente, a troco de 5 ou 10 reais.
    Que morram todos os traficantes, que morram todos os assassinos covardes e que a sociedade proteja o cidadão de bem e não o bandido irrecuperável !!!

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.

Publicidade:



Redes Sociais






Fale com
a Redação

(21) 2125-3065