PolíciaBandidos

Bandidos desafiam a PM e assaltam casa no Pé Pequeno, em Niterói

3.5
Tamanho da fonte: A- A+ Por: Lislane Rottas 13/06/2012

Moradores do bairro da Zona Sul tem casa furtada. Aparatos de segurança como grades e dois cães de guarda não foram o suficiente para deter a entrada dos criminosos

 

 

Mesmo com reforço na segurança no município desde março, por conta do crescimento de diversos crimes, entre eles o assalto a residência, bandidos continuam desafiando a polícia. Desta vez, uma casa no Pé Pequeno, Zona Sul de Niterói, foi alvo de criminosos. No último domingo uma moradora percebeu que vários pertences tinham sumido de dentro da casa, embora ela não tenha notado sinais de arrombamento na residência.

De acordo com o pai da moradora, Silvio Lins, de 78 anos, as janelas possuem grades e estavam fechadas, além disso, a casa possui dois cães, o que dificultaria a ação criminosa. Ele também afirmou que os namorados das suas netas também notaram o sumiço de celulares, mas não ouviram nenhum barulho durante a noite. A dona da casa relatou em depoimento que achava que os bandidos poderiam ter entrado pelo terceiro andar da residência e terem praticado o furto.

“Tenho dois cachorros que alertam sempre quando alguém passa na frente do meu portão, estou assustada com toda essa situação e já providenciei a troca de fechaduras e até a instalação de alarmes e circuito interno de segurança”, afirmou.

Ainda de acordo com a dona da residência, há cerca de quatro meses uma cópia das chaves havia sumido enquanto era feita a limpeza da casa, no entanto, nada de estranho havia acontecido desde então.

O caso foi registrado na 77ª DP (Icaraí), e a Polícia Civil adiantou que ficará empenhada em resolver o crime, mas pela falta de dados, pode haver uma demora na solução do caso.

O comandante do 12° BPM (Niterói), coronel Wolney Dias, disse que o policiamento na área continua reforçado e os moradores podem contar com todo o apoio da polícia militar.

O presidente da Comissão de Segurança da Câmara Municipal de Niterói, o vereador Renato Cariello, disse que desde quando começaram a acontecer os incidentes no bairro várias intervenções ocorreram, entre elas a poda das árvores e patrulhamento do local. 

 


O FLUMINENSE


AVALIE:

 

Enviar para amigo Imprimir

Comente a Notícia

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Grupo O Fluminense. Mensagens que contenham ofensas, acusações e palavrões ou xingamentos não serão publicadas.

Comentários

Esta matéria possui 14 comentário(s)
  1. Jucabala - 13/06/2012 - 07:04

    Essa matéria ficou boa!! É isso aí vamos informar a população o que está aacontecendo sem criarmos uma nova onda de medo naquele bairro que já foi tão castigado pelos roubos praticados por aqueles vagabundos da Coruja em SG. tenho certeza que a PM está atenta a esse FURTO e em breve vai colocar esse safado na cadeia, isso deve ser um "crakudo", que viu uma chance a pulou dentro da casa, pena que os cachorros não comeram ele e não enterraram os ossinhos no quintal!!

  2. Adriana Janaina Poeta - 13/06/2012 - 08:13

    A segurança tem sido uma das grandes preocupações da atualidade, nao apenas em Niterói mas no Rio de Janeiro e Sao Paulo. O aumento do efetivo policial ajuda, mas acredito que o investimento e planejamento de ações sociais devem acompanhar cada vez mais todas as outras ações. Muito bem escrito, parabéns Lislane Rottas.

  3. Thiago - 13/06/2012 - 08:58

    Isto já virou rotina no Pé Pequeno. Há um motociclista acompanhado de uma mulher que já assaltou mais de 10 pessoas no bairro. Enquanto isto as nossas "autoridades" nada fazem. O patrulhamento da área não tem regularidade. Há uma cabine da PM a poucos metros da rua Itaocara que sempre está vazia. As reuniões de nada servem se não há interesse político em resolver a questão. Inclusive o "político do bairro" não toma nenhuma providência, mas daqui há alguns meses irá aparecer pedindo nossos votos.

  4. Pedro - 13/06/2012 - 14:35

    AAAAAAAAAAAA agora a policia virou santa????Com certeza falta policiamento e colocar a culpa nos outros é o que a policia sabe fazer de melhor

  5. CB PM JULIO 12º BPM - 13/06/2012 - 10:09

    Em hipotese alguma poodemos dizer que a policia foi desafiada, esse crime está muito estranho, pois, se as janelas tem grades e como o marginal iria entrar pelo 3º andar? será que é o homem aranha? Está parecendo coisa de alguém próximo a familia, crime perpetrado por alguém muito proxmo. O policiamento no Pé Péqueno está bem reforçado e contamos ainda com o apoio do PROEIS. Atenção poliçada da 77ª DP! chamem familiares e pessoas próximas que estiveram na casa, iremos ter notícia hein.

  6. visitante - 13/06/2012 - 14:04

    quem esta dando o servico chama marcelo bin laden que mora la... ta so passando as boas como ele fez no assalto a lan house mig no largo do marrao em que ele trabalhava e ele msm ficou amarrado pra passar batido

  7. CB PM JULIO 12º BPM - 13/06/2012 - 12:58

    Eu já falei que o fato ocorrido não tem nada haver com o policiamento do bairro. Na Cabina do Largo do Marrão há policiamaento todos os dias. Temos uma VTR rondando a area e duplas de policiais do PROEIS, isso está me parecendo pessoas proóximas a família. Tem caroço nesse angú. Não podemos colocar a culpa na PM ou PC.

  8. Jacques Le Coq - 13/06/2012 - 15:42

    Muito bem : nome do pai da vítima, idade do pai da vítima, só faltou o nº do CPF do pai da vítima . E quais são os dados do possível meliante ??? Que matéria mais estranha !!!!

  9. Jacques Le Coq - 13/06/2012 - 15:46

    Muito bem : endereço da vítima, foto da rua, nome do pai da vítima, idade do pai da vítima, só faltou o nº do CPF do pai da vítima . E quais são os dados do possível meliante ??? Que matéria mais estranha !!!!

  10. Dexter - 13/06/2012 - 18:04

    Tudo muito estranho e confuso .

  11. sereno - 13/06/2012 - 19:43

    pra isso aconteçer, foi alguem que frequenta a residencia.

  12. CB PM JULIO 12º BPM - 13/06/2012 - 23:13

    A reportagem não condiz com a realidade dos fatos.

  13. Afonso - 13/06/2012 - 23:43

    Esse furto foge a regra dos outros que aconteceram no passaado póximo na região e aponta para pessoas próximas da família, vejam que nem os cachorros deram sinal, não houve arrombamento e a casa tem grades.
    Tá estranho...

  14. Nanda - 14/06/2012 - 00:33

    Saio cedo tds os dias e qse n vejo ngm na rua. Morro de medo,pois por 3 vezes qse presenciei a atuação do rapaz da moto. Lamentavelmente encontrei as vítimas atordoadas sem saber o q fazer. Mas o policiamente tem acontecido, em horário comercial. Qdo o rapaz da moto ja se foi....q pena. Qdo será tomada uma real providencia!? Qtas pessoas terão q passar por esse tipo de trauma!?

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.