Oportunidades

Vagas em cursos profissionalizantes

0
Tamanho da fonte: A- A+ Por: Paula Valviesse 02/09/2013

Interessados poderão, gratuitamente, optar por artesanato, cabeleireiro, cuidador de idoso, entre outros

Mais de 500 jovens e adultos participaram, na manhã de ontem, da aula inaugural de 17 cursos profissionalizantes que tiveram início no Polo de Assistência Social de Vista Alegre, em São Gonçalo. O local recebeu obras e pintura, tendo sido mobiliado com mesas e cadeiras recuperadas pelo Departamento Municipal de Conservação, em abril desse ano, estando a inauguração do espaço prevista para três meses.

São oferecidos, gratuitamente cursos profissionalizantes de artesanato, cabeleireiro, canto e violão, confeiteiro, corte e costura, cuidador de idosos, culinária, depilação, elétrica, ginástica, informática, inglês básico, limpeza de pele, manicure e pedicure, maquiagem, massoterapia e refrigeração de lavadoras. As inscrições podem ser realizadas no próprio pólo, com apresentação de documentos de identificação e comprovante de residência. A idade mínima é de 14 anos e o aluno deverá contribuir no ato da matricula com material de escritório.

De acordo com a vice-prefeita e presidente da Fiasg, Mariangela Valviesse, o Polo será inaugurado em três meses e as instalações servirão de referência tanto para os moradores do bairro quanto das proximidades, que não precisarão se deslocar para o centro da cidade para conseguir cursos de capacitação. Além disso, o local também servirá como ponto de apoio das demais secretarias municipais para atendimento itinerante: “Estamos organizando e em poucos meses teremos o polo em pleno funcionamento para atender a comunidade”.

O secretário de Desenvolvimento Social, Nivaldo Mulim, falou sobre a importância da formação profissional e das oportunidades de trabalho e renda que eles terão após o curso.

“Quero que vocês aproveitem ao máximo os cursos. Que comecem e terminem. Estamos buscando parcerias com órgãos reconhecidos para que possamos continuar desenvolvendo essa política de qualificação em nosso município e oferecendo uma nova perspectiva profissional, principalmente aos nossos jovens”, garantiu Nivaldo Mulim.

Carlos Henrique da Silva, de 17 anos, fez inscrição para o curso de eletricista, enquanto o irmão Carlos Eduardo, de 18, vai aprender refrigeração.

“Os cursos vieram em boa hora. É muito importante ter qualificação. É a principal porta de entrada para o mercado de trabalho”, garante Carlos Henrique.


O FLUMINENSE


AVALIE:

 

Enviar para amigo Imprimir

Comente a Notícia

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Grupo O Fluminense. Mensagens que contenham ofensas, acusações e palavrões ou xingamentos não serão publicadas.

Comentários

Esta matéria possui 0 comentário(s)

Nenhum comentário.

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.


Publicidade: