EsportesFlamengo

Flamengo consegue vitória sobre o Coritiba e alivia crise na Gávea

1
Tamanho da fonte: A- A+ 09/06/2012

Em sua primeira partida sem Ronaldinho Gaúcho e com direito a gol de Vagner Love em posição de impedimento, rubro-negro garante os primeiro três pontos no Brasileirão

 

 

O Flamengo sofreu um bocado, abriu o placar com um gol de Vagner Love em impedimento, mas conseguiu derrotar o Coritiba por 3 a 1 na noite de sábado, no Engenhão, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Assim, o Rubro-Negro conseguiu a sua primeira vitória na competição, chegando aos seis pontos. Luiz Antonio e Hernane marcaram os outros tentos flamenguistas, enquanto que Emerson descontou para o Coxa, que estacionou nos três pontos. O resultado pode amenizar um pouco o clima de crise que vem rondando à Gávea desde a saída de Ronaldinho Gaúcho do clube.

Pressionado pela necessidade de vitória, o Fla começou impondo um ritmo muito forte, abrindo o placar logo aos seis minutos. Magal cruzou da esquerda e Vagner Love, em impedimento, escorou para o fundo da rede.

A equipe do Coritiba ainda tentava se acostumar com a desvantagem quando o Flamengo conseguiu ampliar aos 12. Ibson acionou Luiz Antonio e o volante, de dentro da área, chutou cruzado, sem chances para Vanderlei.

Com a vantagem o Flamengo passou a jogar mais recuado, e o Coritiba passou a ser dono absoluto das ações. O time paranaense acabou sendo premiado com o gol aos 25. Lincoln cruzou da direita e Emerson ganhou disputa com a zaga para cabecear para o fundo da rede. Foi a senha para o Coxa se lançar de vez ao ataque. A medida quase surtiu efeito aos 32, quando Everton Ribeiro chutou de fora da área e fez a bola passar à esquerda de Paulo Victor.

Na volta para o segundo tempo o Flamengo retornou bem recuado, dando mais uma vez espaço ao Coritiba, que assustou pela primeira vez logo aos dois minutos, quando Ayrton chutou de fora da área e a bola passou à esquerda do goleiro. Três minutos depois Roberto fez grande jogada individual pela direita, cruzou, Everton Costa completou e Paulo Victor defendeu quase em cima da linha.

O Flamengo tentava os contra-ataques, mas sempre sem sucesso, principalmente por conta da falta de passes precisos, que impediam a bola de chegar a Vagner Love ou a Diego Maurício. Assim, o Coritiba seguia pressionando. Aos 18, Everton Costa chutou de virada e o goleiro rubro-negro fez nova defesa.

A velha máxima do futebol do “Quem não faz, leva” acabou prevalecendo já nos acréscimos do segundo tempo. Após cobrança de falta, Bottinelli dividiu com a defesa e a bola sobrou para Hernane, livre de marcação, marcar seu primeiro gol com a camisa do Flamengo e definir o marcador. A importância do resultado pôde ser sentida pelo semblante de alívio do técnico Joel Santana após o apito final.

Flamengo: Paulo Victor; Wellington Silva, Welinton, Marllon e Magal (Bottinelli); Aírton, Luiz Antonio (Muralha), Renato Abreu e Ibson; Diego Maurício (Hernane) e Vagner Love. Técnico: Joel Santana. Coritiba: Vanderlei; Ayrton, Demerson, Emerson e Lucas Mendes (Tcheco); William, Sergio Manoel (Chico), Lincoln (Robinho) e Everton Ribeiro; Roberto e Everton Costa. Técnico: Marcelo Oliveira. Árbitro: Rodrigo Braghetto (SP). Cartões amarelos: Aírton, Hernane, Roberto, William e Tcheco. 

 


O FLUMINENSE


AVALIE:

 

Enviar para amigo Imprimir

Comente a Notícia

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Grupo O Fluminense. Mensagens que contenham ofensas, acusações e palavrões ou xingamentos não serão publicadas.

Comentários

Esta matéria possui 0 comentário(s)

Nenhum comentário.

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.

Publicidade:



Redes Sociais






Fale com
a Redação

(21) 2125-3065