EconomiaFeirão

Feirão de Imóveis patrocinado pela Caixa negocia mais de R$ 200 milhões

0
Tamanho da fonte: A- A+ 29/05/2012

Resultado da edição em Niterói, realizada no último fim de semana, é considerado positivo. Bom resultado foi alcançado a partir de linhas de financiamentos com redução de juros

 

 

O Feirão de Imóveis do Centro Leste Fluminense, patrocinado pela Caixa Econômica Federal, negociou mais de R$ 200 milhões entre contratos assinados e encaminhados. O evento foi realizado no último final de semana, no Clube Canto do Rio e foi visitado por mais de 20 mil pessoas. De acordo com o superintendente regional da Caixa no Centro Leste Fluminense, José Domingos Correa Martins, o resultado do Feirão foi positivo sobretudo devido às linhas de financiamentos com juros menores, anunciadas pelo banco no final do mês passado. 

“A chegada do Programa Caixa Melhor Crédito ao crédito imobiliário proporcionou condições ainda melhores de financiamento para as famílias e foi o grande diferencial do Feirão”, comemorou o superintendente.

No evento, foram oferecidos mais de 15 mil imóveis, distribuídos entre os municípios de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí, Maricá, Cabo Frio, Araruama, Saquarema, São Pedro da Aldeia, entre outros da região Centro Leste Fluminense. Neste ano, foram oferecidos 4.457 imóveis usados e 10,9 mil novos ou em construção. Do total, metade estava enquadrada no Programa Minha Casa, Minha Vida.

Participaram do Feirão 30 construtoras, quatro imobiliárias e parceiros institucionais, que ocuparam uma área de aproximadamente 2 mil metros quadrados. A Caixa informou que continua a atender as pessoas interessadas em financiar a casa própria, com as mesmas condições do Feirão.

Juros - A redução dos juros para financiamento imobiliário pode chegar a até 21% nas condições do Sistema Financeiro de Habitação (SFH). Para imóveis de até R$ 500 mil, dentro do SFH, os juros passaram de 10% para 9% ao ano para todos os clientes. Com relacionamento e conta salário, a taxa caiu ainda mais, para 7,9%. 

Se o cliente for financiar o imóvel de até R$ 170 mil, nas regras do FGTS, e possuir relacionamento e conta salário na Caixa, a taxa máxima cai de 8,4% para 7,9% ao ano. E cairá para 7,4% se o cliente for também cotista do FGTS, inclusive para os financiamentos enquadrados no Programa Minha Casa, Minha Vida na faixa de renda acima de R$ 3,1 mil.

Para imóveis fora do SFH (valor superior a R$ 500 mil), as taxas também caíram de 11% para 10% ao ano para todos os clientes. Com relacionamento e conta salário, os juros caíram para 9%. 

Recorde – A oitava edição dos feirões da Caixa em todo o País já superou o recorde de volume de negócio, ultrapassado R$ 11,7 bilhões, restando ainda um final de semana para o término. No ano passado, o evento contabilizou R$ 10 bilhões em negócios. O Feirão termina no próximo final de semana nas cidades de Belém (PA) e Florianópolis (SC).

 


O FLUMINENSE


AVALIE:

 

Enviar para amigo Imprimir

Comente a Notícia

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Grupo O Fluminense. Mensagens que contenham ofensas, acusações e palavrões ou xingamentos não serão publicadas.

Comentários

Esta matéria possui 1 comentário(s)
  1. Luciano de Mello - 29/05/2012 - 20:52

    Estive no evento e me surpreendi com a organização e quantidade de imóveis disponíveis.
    Parabéns aos empregados da Caixa que fizeram o evento, importante ter a Caixa contribuindo para que a população tenha acesso a linhas para adquirir sua casa própria, pois a maioria não tem acesso a estas linhas nos bancos particulares.

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.