CidadesTribunal

Tribunal Regional Eleitoral convoca os eleitores do município de Niterói

5
Tamanho da fonte: A- A+ Por: Thaís Durval 28/04/2013

Começa nesta segunda-feira o cadastramento biométrico na cidade. TRE informa que agendamento pode ser realizado pela internet e atendimento acontece no Caio Martins

 

Começa nesta segunda-feira o cadastramento biométrico para os eleitores do município de Niterói. Segundo o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) os eleitores que quiserem marcar horário para agendamento deverão acessar o site www.tre-rj.jus.br/biometria. A presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), Letícia Sardas, conta que a cidade de Niterói foi escolhida em razão do tamanho de seu eleitorado, que permitirá alcançar as metas estabelecidas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), e da sua proximidade com a capital, o que viabilizou a operação em termos de custos e logística.

O cadastro poderá ser feito no Estádio do Caio Martins, na Rua Presidente Backer, Santa Rosa, das 9h às 17h, de segunda a sexta, no Fórum da Região Oceânica, na Estrada Caetano Monteiro, s/n em Pendotiba e no Centro do Rio de Janeiro, na Rua Presidente Wilson, 198, térreo, Castelo. Lembrando que o Estádio Caio Martins será o único posto que receberá eleitores sem agendamento. 

Para fazer o cadastramento, o eleitor deverá levar documento de identidade, CPF, Título de Eleitor e comprovante de residência atual. Os eleitores masculinos que forem fazer a inscrição pela primeira vez, deverão levar o comprovante de quitação militar. O processo dura somente vinte minutos em média por atendimento.

É obrigatório o cadastramento para 376.021 eleitores do município, incluindo aqueles no qual o voto é facultativo, como maiores de 70 anos, os analfabetos e os menores de 18 anos. É também importante lembrar para quem quer transferir o título de eleitor para a cidade de Niterói e queira tirar o título pela primeira vez, deverá comparecer aos locais de cadastramento. Estarão dispensados 6.752 eleitores que já coletaram os dados biométricos nas zonas eleitorais do município. 

Ordem para facilitar atendimento- O TRE recomenda que, no mês de maio, compareçam aos postos de atendimento, os eleitores nascidos em janeiro e fevereiro; em junho, os nascidos em março e abril; em julho, os nascidos em maio e junho; em agosto, os nascidos em julho e agosto, em setembro, os nascidos em setembro e outubro; e em outubro, os nascidos em novembro e dezembro. O eleitor que não puder comparecer no mês correspondente à sua data de nascimento será atendido normalmente em qualquer outra data.

Esse sistema trará facilidade e velocidade para identificar o eleitor durante a votação, evitando filas e fraudes. O cadastramento que vai durar até o dia 31 de outubro é obrigatório e deverá ser feito nos postos de atendimento. Em Búzios, eleitores já votam por meio de impressões digitais, o cadastramento foi feito em 2009. 

Segundo a desembargadora, a tecnologia da biometria trará um avanço no processo eleitoral brasileiro que já é conhecido pela eficiência da informatização, no sentido de eliminar qualquer possibilidade de fraude, por menor que seja, além de dar mais agilidade. 

Para os eleitores que não compareceram na última eleição, será necessário pagar as respectivas multas antes da realização do cadastramento. Para facilitar, os guias de pagamentos poderão ser retirados nos próprios postos de atendimento ou nas zonas eleitorais mais próximas. 

Fiquem alertas, os eleitores que não comparecerem no cadastramento biométrico terá o título cancelado. E ficará impossibilitado de votar nas próximas eleições, não poderão tirar o passaporte, prestar concurso público e obter empréstimos em bancos oficiais.

O cadastramento é feito em dias de semana e em horário comercial. O Código Eleitoral e a CLT garantem ao empregado o direito de se ausentar ou chegar atrasado no dia em que for tirar o título de eleitor, sem prejuízo de salário, desde que avise a seu empregador com até 48 horas de antecedência. Assim, quando fizer o cadastramento, o eleitor poderá requerer uma certidão para comprovar o atendimento. 

 

 

Para fazer o cadastramento, o eleitor deverá levar:

• Documento de identidade,
• Comprovante de residência atual,
• Título de eleitor e CPF, se possuir.
* No caso de nova inscrição, os eleitores do sexo masculino, maiores de 18 anos, deverão levar também o comprovante de quitação militar.

 


O FLUMINENSE


AVALIE:

 

Enviar para amigo Imprimir

Comente a Notícia

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Grupo O Fluminense. Mensagens que contenham ofensas, acusações e palavrões ou xingamentos não serão publicadas.

Comentários

Esta matéria possui 5 comentário(s)
  1. Ricardão - 28/04/2013 - 19:17

    Alguém pode me dizer porque existe título eleitoral e não simplesmente apresentar o RG no dia da eleição, como na Europa...
    E já que estamos, até quando voto será obrigação e não direito, nesse país esquizóide e esquito...
    Democracia não pode ser obrigada!

  2. celio - 28/04/2013 - 23:08

    Tô contigo, Ricardão. concordo em genero, numero e grau. nada de obrigaçao de votar.......

  3. fl mesmo - 29/04/2013 - 17:11

    Ñ existe verba pra comprar medicamentos de uso contínuo, tipo os de colesterol mas,pra fazer este 2º título,arruma-se 1 jeitinho ñ é?
    Sr Prefeito de Niterói de Niterói e responsáveis pela Saúde,minha mãe,precisa colocar PRÓTESE nos 2 Joelhos e a situação 2º médico do HUAP,está crítica a situação dela e a msm já deveria ter sido operada,a cada 2 meses,ela vai ao médico e escuta a msm coisa:sua situação é crítica,isto a quase 1 ano,a prox consulta,é em agosto e a SAÚDE DE NITERÓI Ñ FAZRÁ NADA?

  4. fl mesmo - 29/04/2013 - 17:11

    Ñ existe verba pra comprar medicamentos de uso contínuo, tipo os de colesterol mas,pra fazer este 2º título,arruma-se 1 jeitinho ñ é?
    Sr Prefeito de Niterói de Niterói e responsáveis pela Saúde,minha mãe,precisa colocar PRÓTESE nos 2 Joelhos e a situação 2º médico do HUAP,está crítica a situação dela e a msm já deveria ter sido operada,a cada 2 meses,ela vai ao médico e escuta a msm coisa:sua situação é crítica,isto a quase 1 ano,a prox consulta,é em agosto e a SAÚDE DE NITERÓI Ñ FAZRÁ NADA?

  5. Luciano - 29/04/2013 - 11:38

    Um país que se diz livre ter o voto obrigatório é tão ridículo quanto o alistamento militar.

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.