CidadesTécnicos

Técnicos da Vigilância Sanitária de Niterói vistoriam venda de pescado

0
Tamanho da fonte: A- A+ Por: Flávia Tenente 23/03/2012

Durante visita ao Mercado de Peixe, fiscais garantem que local está em boas condições e asseguram qualidade do pescado. Procura pelo alimento aumenta com proximidade da Páscoa

Técnicos da Vigilância Sanitária de Niterói realizaram, na sexta-feira, uma visita de orientação nos boxes do Mercado de Peixe São Pedro, no Centro.

Com a proximidade da Páscoa, o objetivo foi verificar como está a conservação do pescado, se as ferramentas de trabalho são adequadas, além de documentações, como alvará de funcionamento e licença sanitária.

Segundo balanço, nenhuma notificação foi lavrada, fato que, de acordo com o chefe do Departamento de Vigilância Sanitária e Controle de Zoonoses, Zamir Martins, se dá graças às inspeções realizadas no local. “A nossa visita de hoje não tinha nenhuma intenção de ser punitiva, viemos apenas orientar os comerciantes nos cuidados de conservação do pescado, já que nesta época do ano a demanda da mercadoria aumenta significativamente. O Mercado São Pedro é uma referência e passa por vistorias regulares”, afirmou Zamir.

Orientações sobre o alimento- A chefe da Divisão de Vigilância Sanitária, Sylvia Malheiros, que acompanhou a ação, orientou os consumidores a sempre observarem a consistência da carne, que precisa estar firme e resistente à pressão dos dedos. Também deve ser verificado se “o pescado está fresco, acondicionado em gelo, com odor característico, olhos transparentes e brilhantes, escamas aderidas ao corpo e nadadeiras íntegras” acrescenta Sylvia.

Além disso, os peixes não podem ser embrulhados em folhas de jornal, mas em plásticos transparentes e descartáveis, e colocados em sacola. Outra atenção é quanto às condições de higiene do local: funcionários devem estar uniformizados, de  luvas e botas. Denúncias pelo 2717-8331.


O FLUMINENSE


AVALIE:

 

Enviar para amigo Imprimir

Comente a Notícia

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Grupo O Fluminense. Mensagens que contenham ofensas, acusações e palavrões ou xingamentos não serão publicadas.

Comentários

Esta matéria possui 6 comentário(s)
  1. Simone - 24/03/2012 - 01:18

    A vigilância sanitária e a Prefeitura deveriam fazer uma vistoria nas "barracas de coco" com alimentos mal acondicionados, toldos imundos, instalações elétricas inadequadas, cadeiras e mesas que se encontram no meio da calçada na praia de Icaraí.
    Pago IPTU absurdamente caro para ver a cidade que um dia já foi motivo de orgulho, hoje ser motivo de vergonha

  2. Jose Agostinho Praes - 09/03/2013 - 14:35

    A vigilancia sanitaria de Niteroi deveria fazer uma fiscalização na Multicarnes Rua Gavião Peixoto,152 Icarai. É isuportável o mal cheiro .

  3. Marialba Carvalho - 04/04/2013 - 15:12

    Existe uma casa fechada que há + de 5 anos não aparece ninguém eo mato e animais estão infestando a vizinhanha tais como caramujo africano, gambá, ratos e lacraias.
    O end. Av. rooselt.127 São Francisco NiteróiRua do canal.

  4. Alexandre Oliveira - 21/08/2013 - 09:29

    Deveriam fazer uma fiscalização urgente, no supermercado intercontinental do centro de niterói. Os produtos vendidos congelados estão todos vencidos. Estive lá ontem e peito de frango está vencido desde 14/07/13 e fígado de frango está vencido desde 31/07/13. Se os congelados estão assim, imagina a carne vendida a varejo. Por favor peçam para vigilância sanitária ir até lá. Isso é um perigo para a saúde de quem compra estes produtos lá.

  5. wanda - 18/10/2013 - 10:03

    gostaria de denunciar o restaurante tempeiro chic na alameda são boaventura 533 niterói, pois colocam uma churrasqueira na calçada onde a fumaça sobe para o prédio onde moro e fica impossível ficar dentro de casa com tanta fumaça, fora a falta de higiene do local, sem contar com as baratinhas que sobem que vêm dos restaurantes e bares que existem no mesmo local precisamos de uma solução urgente.

  6. Anna Cláudia Damasco Matias - 09/12/2013 - 11:48

    Denunciei várias vezes uma loja na Visconde do Uruguai 294 que vende pássaros e todo tipo de animal, inclusive cães, o que é proibido. Os filhotes ficam em jaulas, filhotes dormindo em cima de grades. Fiz campanha no Facebook e várias pessoas denunciaram e nada aconteceu. Nesse calor, os bichos sofrem com as condições precárias da loja. Passei ontem lá e nada foi feito.

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.