CidadesMunicípio

Município de Niterói vai ganhar nova frota de ônibus até o fim de julho

3
Tamanho da fonte: A- A+ Por: Priscilla Aguiar 31/05/2012

Novos coletivos trarão mais agilidade para embarque e desembarque. Veículos serão padronizados com cores específicas de acordo com itinerário e também terão ar condicionado

Até o fim de julho uma nova frota de ônibus começa a circular pelas ruas da cidade. O layout dos novos ônibus foi apresentado, na última quarta-feira, pelo prefeito de Niterói, Jorge Roberto Silveira, e pelo presidente da NitTrans, Sérgio Marcolini, no Caminho Niemeyer, no Centro. De acordo com o prefeito, a nova frota trará mais agilidade na hora de embarque e desembarque, já que os coletivos terão entrada e saída de passageiros em piso baixo, o que vai diminuir o trânsito na cidade.

Para Sérgio Marcolini, outro fator que vai contribuir para diminuição do trânsito é o conforto oferecido pelos novos ônibus. Os coletivos terão ar-condicionado e dispositivos visuais e sonoros, para informar as paradas de ônibus. “Muitas pessoas não trocam o seu carro pelo ônibus que circula atualmente. Com a nova frota a população terá muito mais conforto, o que certamente vai fazer com que mais pessoas passem a usar o transporte coletivo”, destacou.

A substituição da frota é resultado da concessão pública realizada este ano pela prefeitura, através de licitação, para operação do sistema de transporte por áreas de atuação. Dois consórcios, a Transnit e a Transoceânica, formados pelas empresas que já operam no município, serão responsáveis pela exploração do serviço nos próximos 20 anos. A cidade será dividida em duas áreas de atuação. Uma será compreendida por ônibus de cor vermelha e a outra por ônibus de cor verde.

Itinerário distribuído por cor- Os ônibus de cor vermelha circularão pela Ilha da Conceição, Barreto, Ponta D’Areia, Engenhoca, Santana, São Lourenço, Tenente Jardim, Fonseca, Fátima, Caramujo, Baldeador, Santa Barbara e Pé Pequeno. Já os de cor verde farão o transporte em São Francisco, Cachoeira, Viradouro, Ititioca, Largo da Batalha, Sapê, Badu, Matapaca, Maria Paula, Vila Progresso, Cantagalo, Maceió, Muriqui, Cafubá, Charitas, Jurujuba, Jardim Imbuí, Piratininga, Jacaré, Rio do Ouro, Serra Grande, Santa Antônio, Camboinhas, Maravista, Itaipu, Itacoatiara, Engenho do Mato, Várzea das Moças e Viçoso Jardim. Os ônibus terão interligação em Icaraí. A numeração e o preço da passagem não serão alterados.

A principal diferença entre os novos ônibus e os que circulam hoje é a plena acessibilidade para deficientes físicos e visuais, segundo a prefeitura. Outro diferencial é que com os novos ônibus o motorista terá um monitor que permitirá ver se o passageiro já embarcou ou desembarcou do veículo. Além disso, os ônibus possuem câmbio automático, são mais silenciosos e são equipados com a nova tecnologia euro V, que polui menos. Os ônibus terão ainda cerca de dois metros a mais. 

Atualmente em Niterói são 750 veículos, com a mudança serão 672. Desse número 40% terá ar-condicionado e todas as especificidades relatadas. A frota será substituída gradativamente. A cada ano pelos menos 50 novos veículos começarão a circular na cidade.  

De acordo com o presidente da NitTrans, a implantação da nova frota terá um período de estudo de demandas o que poderá alterar o número de veículos. Ele revelou ainda que, para que não haja dúvidas em relação à nova frota, a NitTrans fará uma cartilha, na qual serão explicadas, detalhadamente, todas as mudanças. 

 


O FLUMINENSE


AVALIE:

 

Enviar para amigo Imprimir

Comente a Notícia

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Grupo O Fluminense. Mensagens que contenham ofensas, acusações e palavrões ou xingamentos não serão publicadas.

Comentários

Esta matéria possui 43 comentário(s)
  1. marcelo - 31/05/2012 - 08:54

    A iniciativa é boa! pq não trocar o carro? estacionamento caro, falta de lugar pública para estacionar, violência, risco de danos no carro, manutenção cara dos carros. Carro foi feito para passeio e emergência. moro na região oceânica e trocaria o carro com prazer, mas tem que ter mudanças..

  2. Anônimo - 31/05/2012 - 02:17

    Mudança bem-vinda. Porém 13 anos para mudar toda a frota???? Daqui a 13 anos esses ônibus "modernos" já estarão defasados...

  3. Leonardo Rocha - 31/05/2012 - 06:48

    O mais importante não vai mudar, o preço, ou seja, continuar pagando R$3,60 para andar 30 minutos de onibus lotado de rio do ouro até niterói... Ainda bem que moro próximo ao ponto final das vans e só ando com elas.

  4. Rafael Vale - 31/05/2012 - 07:30

    Ninguem vai trocar carro por bus nuncaaaa

  5. Marcos - 31/05/2012 - 10:41

    Cadê a barca Rio de Janeiro x São Gonçalo? Não está no contrato de concessão? Iria melhorar muito o trânsito do centro do Rio de Janeiro, Niterói e São Gonçalo!

  6. Isa - 31/05/2012 - 08:55

    Kd o ônibus Niterói - Barra que ainda não foi feito ??? Foi prometido e até agora nada.Que vergonha !!!

  7. Rafael Pinheiro - 31/05/2012 - 10:28

    Seria interessante se realmente houvesse melhora significativa. A melhora na emissão de poluentes e o ar condicionado na nossa cidade que é bem quente são muito importantes. Mas baixar a altura do onibus não agiliza a entrada e saida. O gargalo está nas roletas, o Rio Card é muito lento. Além disso hoje os onibus já andam estremente cheios em alguns horários. Diminuir a frota não irá motivar as pessoas a pegá-los!!

  8. Rafael - 31/05/2012 - 09:28

    Pra mim, olhando assim, não mudou NADA.

  9. Marcio Soares - 31/05/2012 - 10:48

    Isa, ônibus para Barra da Tijuca é regulado pelo DETRO - RJ, não pela prefeitura que obviamente cuida apenas do transporte municipal.

    Achei a pintura muito bonita. Ônibus de piso baixo com avisos, ar condicionado e muito mais.

    Uma pergunta: não terá articulados? Soube por alto que os articulados circulariam nos corredores de ônibus. Articulado é bem melhor pois carrega mais pessoas na hora do rush.

    A linha 62 - Charitas x Santa Bárbara fica abarrotada no horário do rush.

  10. Romualdo Lima - 31/05/2012 - 10:49

    O ideal seria mudar a tarifa, e o metrô ligando Niterói a Itaborai,será que vai sair algum dia, e o túnel Charitas X Cafubá alguma previsão de quando vai sair do papel.

  11. Livia - 31/05/2012 - 14:19

    O gargalo não está na altura da escada e sim na lentidão do riocard! E convenhamos, qse 14 anos pra trocar a frota? Que vergonha de país...

  12. ele - 31/05/2012 - 11:12

    Para o pessoal deixar o carro em casa tem que ter Segurança e conforto nos onibus, e isso sem aumento de passagens. A linha 30 tem a maioria dos carros com Ar Condicionado e não cobra a mais por isso. Outras empresas tem um ou dois onibus com Ar condicionado em uma determinada linha e cobra a mais. Um absurdo.

  13. andre - 31/05/2012 - 11:16

    Também não vejo mudanças nenhuma, tudo vai continuar como é..só acredito em melhorias se fosse colocado metro na região oceanica para o centro ou pelo menos que o túnel saísse do papel. Na verdade nada mudou porque o monopólio das empresas de onibuas não continuará.

  14. Gabriel - 31/05/2012 - 11:17

    Menos onibus; mais prédios; barca com a mesma capacidade e mais cara .... Para mim isso resulta em mais engarrafamentos. Niterói está piorando rapidamente. Nao temos perspectivas de uma infra-estrutura melhor. Os niteroinses acham isso normal.

  15. Paulo Henrique - 31/05/2012 - 11:20

    Agora sim vemos uma mudança inteligente na cidade. Este conceito já deu certo em outras cidades do Brasil tirando muitos ônibus das ruas melhorando assim a fluidez do transito...

  16. Davi - 01/06/2012 - 04:09

    So pq colocaram um onibus mais confortavel acham q vai melhorar o transito? porfavor!

  17. Luis - 31/05/2012 - 14:32

    O Projeto original previa a utilização dos BRTs, que por serem maiores,reduziria o nº total de onibus circulando pela metade,porque o projeto foi alterado,mantendo os atuais onibus maquiados?Porque as empresas que "venceram" a concessão são as mesmas que hoje prestam este péssimo serviço?Especialistas em transporte afirmam que trajetos mais longos, com grande nº de passageiros,tem que ser feitos por metro ou VLT, porque nossa prefeitura nunca fez sequer um projeto para metrô?Adivinhem$$$$$$$

  18. Fábio Medeiros - 31/05/2012 - 12:09

    Eu vi que no itinerário da cor verde consta o Jacaré. Seria o Jacaré em Piratininga, nas proximidades do Itaipú Multicenter? Há algum tempo li no caderno Niterói do Globo que havia intenção de reativar a estrada do Jacaré ( Estrada Frei Orlando) ligando ao Rio do Ouro. Seria otimo, pois moro no Jacaré e tenho que andar muito para pegar o ônibus na Estrada Francisco da Cruz Nunes.

  19. alessandro - 31/05/2012 - 13:37

    Toda boa intessão é bem vinda, é nisso que acredito, porém as mesmas empresas que já estam aí há anos, 20 ou até 30anos, ganharam novamente a licitação; contudo oque faz as pessoas não deixarem seus carros é o tempo de espera, em pontos de ônibus mal estruturados que no verão é só sol e no "inverno" é só chuva, não tem bancos e quando o ônibus chega vem "lotado" muito cheio, e gostaria muito dos políticos e suas famílias andassem de ônibus para realmente saber oque isso é; um abrç Niterói!

  20. Rafael - 31/05/2012 - 13:41

    Pra que menos onibus? O que engarrafa é onibus LOTADO e não vazio. Vou trabalhar de carro todos os dias porque tenho que ir em pé. Se fosse para eu ir sentado com certeza deixaria meu carro em casa.

  21. Fernando Costa - 31/05/2012 - 15:08

    Região oceânica, dificilmente terá onibus com ar, somente se for linha frescão, pois vão alegar que a durabilidade do motor com ar ligado em onibus comum, será muito menor por causa da subida da cachoeira e a serra , causando prejuizo para empresa

  22. Orlando F. Gonçalves - 31/05/2012 - 15:12

    b) pagamento antecipado das passagens, com terminais de embarque protegidos,
    c)ônibus com piso baixo ou normal,dependendo da altura do ternimal de embarque e desembarque,
    d) conscientização dos motoristas, usuários e demais participantes do trânsito, de que todos tem responsabilidade em colaborar para um trânsito melhor.
    Ações isoladas, perdem-se no emaranhado de problemas de nossa cidade.

  23. Fabio - 31/05/2012 - 15:13

    Enquanto isso Aqui em São Gonçalo, em breve estaremos andando de Pau De Arara.

  24. Lia - 31/05/2012 - 15:54

    A quem estão querendo enganar? Muita conversa fiada,pra pouco resultado. O quantitativo total de assentos ofertados, no horário do rush não vai aumentar. Qual o idiota q vai trocar o carro pra viajar em pé, num ônibus bonitinho com ar condicionado, completamente lotado? E o trânsito vai continuar o horror de sempre. Queremos soluções e não enganações.

  25. Regina - 31/05/2012 - 17:38

    A INGÁ vai perder sua bela cor e nome? Mto ruim...pois amodoro a cor preta e o nome mto bem alinhado.

  26. Renato - 31/05/2012 - 17:53

    Gostei muito da Pintura Padronizada em Niterói ficou muito mais bonita que a pintura do Rio

  27. Juarez - 01/06/2012 - 03:33

    A mudança mais significativa que é o ar-condicionado não irá abranger nem metade da frota. O calor no verão é igual em toda a cidade e todas as linhas deveriam ser beneficiadas, principalmente aquelas de longo percurso como o 38A,46 e 48. Pagamos tarifas caríssimas e os ônibus são equipados com chassis de caminhão, ISSO MESMO! Nos países desenvolvidos os ônibus urbanos tem suspensão a ar, motor traseiro etc.

  28. mauricio - 31/05/2012 - 17:56

    Não vi nenhuma mudança além da cor.

  29. Renan - 31/05/2012 - 17:13

    A pintura padronizada de Niterói ficou bem mais bonita que a da capital, e a frota será melhor também. Aprende, Eduardo Paes.

  30. Robson Wellington - 31/05/2012 - 19:51

    Tem gente comemorando essa notícia panfletária!? O que o Rio fez em 1 ano, Niterói fará em 19!? Ar-condicionado e piso rebaixado somente em 40% da frota!?

  31. Giselle - 31/05/2012 - 20:37

    Precisamos é de mais quantidade de onibus pela manhã. Um caos total quem precisa pegar o 22 e o 62. Vergonha total; as pessoas esperam muito tempo e quando aparecem, vêm lotados!

  32. francisco - 31/05/2012 - 20:38

    Como já havia comentado em outra reportagem sobre este assunto nada ira mudar, nem mesmo as empresas que hj operam este "maravilhoso" serviço. Ja ouvi mta bobagem mas essa de dizer que piso baixo nos ônibus ira melhorar o trânsito foi demais. 40% dos ônibus com ar condicionado será uma perda mto grande para os usuários das linhas 30 e 47 que hj contam com 90% da frota com ar condicionado. Poderia ficar aqui horas apontando os malefícios dessa licitação fajuta. Uma vergonha!

  33. luis - 31/05/2012 - 21:28

    Este projeto é um grande equivoco, visa unicamente favorecer as empresas de onibus. Metro é a unica soluçao viavel para o transito da cidade, onibus deve ser usado em trajetos mais curtos e nos trajeos mais longos e com maior numero de passageiros, os especialistas em transporte publico já definiram que o melhor é o Metro, estamos asssistindo a mafia das esmpresas de onibus(que paga mesada aos politicos) conseguirem manter este sistema ultrapassado, que em nada resolverá os problemas da cidade

  34. flavio henrique silva leite - 31/05/2012 - 21:44

    Chega de dar vantagem a empresários de onibus, a população fluminense precisa de transporte eficiente e em massa. vamos logo dar continuidade a linha 3 do mêtro, vamos logo botar em execução o túnel charitas cafubá!!!!

  35. PC - 31/05/2012 - 23:01

    Me engana que eu gosto!!!! Alguem acredita que a linha 42 vai ter esses ônibus modernos????

  36. Gaya - 31/05/2012 - 23:18

    O desenho está ok, mas as cores são péssimas. Bombeirão e marcador de texto. Poluição visual total.

  37. Alcenir - 01/06/2012 - 09:27

    Paulo Henrique, quem engarrafa o transito são os carros e caminhões. Você provavelmente nunca andou de ônibus né?!

  38. Alcenir - 01/06/2012 - 09:45

    Giselle, vc tem toda razão! O 49 também é outra linha que é um caos pela manhã. Descendo para o centro, da estação mercês até em frente o plinio leite ninhguém consegue embarcar.

  39. ANTONIO NIT - 01/06/2012 - 12:40

    Gostaria de saber porque O FLU não postou o meu comentário de ontem a noite.

  40. Regina - 01/06/2012 - 19:40

    Antonio,isto é normal.Vc certa// fl alguma vdd e,isto aki,é probl.
    Vivemos num País do faz de conta e,nd q seje a nosso favor,merece crédito.
    A linha 49 ñ é pior q a 22 e 62.
    E,hj já tinha 1 Buzão deste rodando aki em Niterói.
    Blz por fora e por dentro,vamos ver qtº tempo vai levar p os "INDIOS" destruirem td!

  41. marcia - 02/06/2012 - 15:24

    Parecido c a cidade do RJ, deveriam as cores acompanharem as regioes de Niteroi.

  42. ANTONIO NIT - 02/06/2012 - 23:25

    -continuação-
    2. a inauguração dos terminais rodoviários urbanos
    (Largo da Batalha, Charitas, Barreto, Fonseca,etc )
    3. proibição de estacionamento nas ruas onde já
    circulam linhas de ônibus. Como se sabe, a maioria das ruas de Niterói são muito estreitas para essa convivência, o que ajuda a causar
    congestionamentos.
    4. a inauguração da Linha Hidroviária São Gonçalo x
    Praça Quinze ( fazendo gestões junto ao Governo do
    Estado para a sua urgente implementação).

  43. João Carlos Curty Alves - 11/09/2012 - 22:05

    A solução para o cidadão trocar o carro pelo ônibus não passa pela mudança de cor dos coletivos ou por colocar carros novos na rua mas pela adequação do trajeto das linhas. São muitas as distorções mas hoje, ninguém consegue sair das imediações do Hospital da Polícia Militar e chegar a Icarai se não tomar dois coletivos ou andar grande trecho a pé. Há necessidade de que o Poder Público avalie isso de forma competente e decisiva.

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.

Publicidade:



Redes Sociais






Fale com
a Redação

(21) 2125-3065